EnglishJapanesePortugueseSpanish

Amazonas pode ter afastamento histórico de uma bancada inteira

Reprodução

As operações contra corrupção no Amazonas tem ganhado dimensões nacional e internacional.

Além da investigação feita pela PGR, CGU e PF até a Interpool está acompanhando o caso dos desvios das verbas federais pelo que foi chamado de Organização Criminosa e “Máfia do Amazonas”.

Além do suposto envolvimento do Governador (Wilso Lima) e Vice (Carlos Almeida) do Estado Amazonense, foi muito divulgado na grande mídia nacional – como O Antagonista que tem dado forte destaque, a CNN e até o Jornal Nacional – o desenrolar das operações com eventual participação inclusive de Parlamentares ligados a base do governo.

O que ficou conhecido como “bancada dos 5%” em matéria noticiada pelo G1 (da Globo) aguardava denúncia do Ministério Público Federal para prosseguimento.

Segundo fontes, o Procurador da República responsável pela força tarefa já haveria assinado a denúncia contra quase 10 Deputados Estaduais do Amazonas.

A responsável direta pelo caso seria a Dra Lindora, Subprocuradora Geral da República. Mas, segundo informações, o caso está sendo feito por um Procurador que teria feito a denúncia para o TRF1 (Tribunal Regional Federal da Primeira Região) o qual seria o órgão competente para Julgar Deputados Estaduais em crimes de corrupção

A fonte, ligada ao judiciário e que por medo de se identificar, pediu-nos sigilo, afirmou categoricamente que na denúncia feita pelo Procurador que ficaria em Minas Gerais está devidamente fundamentada nas inúmeras provas colhidas na primeira fase da operação.

O principal meio de prova que instruirá o processo foi obtido graças a apreensão do celular do governador Wilson Lima que, segundo informações, estaria recheado de conversas escusas.

Com isso, a notícia é de que em breve teremos o maior afastamento de mandatos da história do Brasil e poderá ser expedida pelo TRF1 e não pelo Relator Francisco Falcão (STJ) como pensavam alguns.

No caso, pelo que se tem acompanhado inclusive pela mídia, os nomes de 08 deputados ligados a base do governo teriam supostamente participado do esquema criminoso. Além desses 08 parlamentares, pelo menos mais 1 Deputada muito forte na mesa diretora teria sido denunciada para este mesmo processo.

Fonte: Realidade do povo

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Últimas Notícias ...